Central de Resultados

2T17

2T17

CONSOLIDADO

  • Crescimento de 6,7% na receita bruta.
  • Redução de 16,1 dias no ciclo de caixa consolidado, que alcançou 39,1 dias.
  • Varejo representou 50% do lucro bruto consolidado, comparado a 35% no 2T16.

 

DISTRIBUIÇÃO FARMA

  • Aumento de 3,9% na receita bruta.
  • Crescimento de 10,0% no segmento de clientes independentes.
  • Redução de 16,8 dias do ciclo de caixa, que alcançou 34,3 dias.

 

ESPECIALIDADES

  • Vendas totais no 1S17 cresceram 3,6% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.
  • Redução nas despesas operacionais de 0.3 p.p., saindo de 9,0% para 8,7%.
  • Incremento de 40,2% nas vendas da categoria de vacinas.

 

VAREJO

  • Início do processo de clusterização de lojas em função do posicionamento: popular, padrão e premium.
  • Início do processo de aumento de produtividade nas lojas e corporativo, com reflexos na redução de despesas operacionais.

d1000 varejo farma RJ

  • Venda loja/mês atingiu R$ 569,8 mil, 8,5% acima da média da ABRAFARMA.
  • Redução nas despesas de lojas, de 21,8% para 20,9%.
  • Incremento de 5,8% no ticket médio, que atingiu R$ 37,89.

Rede Rosário

  • Venda cresceu 12,0% na comparação com o 1T17 (mesmas lojas) e venda média loja/mês 82,2% na comparação de jun/17 versus set/16, atingindo R$ 301,2 mil.
  • Evolução de 82,0% no Ebitda médio/mês comparado com o resultado de dez/16.
  • Aumento do nível de serviço nas lojas de 56% para 92% (set/16 x jun/17).

Índices

Copyright Profarma 2016 - Todos os direitos reservados

imgCapctha