Diretoria e Conselhos

O Conselho de Administração da Profarma é o seu órgão de deliberação colegiada, responsável pelo estabelecimento das suas políticas e diretrizes gerais de negócio, incluindo a sua estratégia de longo prazo, o controle e a fiscalização de seu desempenho. É responsável também, dentre outras atribuições, pela supervisão da gestão dos diretores da Companhia.

O Estatuto Social da Profarma estabeleceu um número mínimo de cinco e máximo de sete conselheiros, dos quais um será o Presidente e outro o Vice-Presidente. Os conselheiros são eleitos em Assembléia Geral Ordinária para um mandato unificado de dois anos, podendo ser reeleitos e destituídos a qualquer momento, devendo permanecer em exercício nos respectivos cargos, até a investidura de seus sucessores. Segundo o Regulamento do Novo Mercado, no mínimo, 20% dos conselheiros deverão ser Conselheiros Independentes.

O Conselho de Administração da Companhia reúne-se, ordinariamente, seis vezes por ano e, extraordinariamente, sempre que convocado por seu Presidente ou por seu Vice-Presidente, preferencialmente em sua sede, admitidas reuniões por meios remotos, na forma do Estatuto Social da Profarma. As reuniões do Conselho de Administração serão instaladas, em primeira convocação, com a presença da maioria de seus membros em exercício e, em segunda convocação, por pelo menos três membros. Qualquer deliberação deverá ser tomada mediante o voto favorável da maioria dos membros em exercício, observados os casos de ausências temporárias e vacâncias, nos termos do Estatuto Social da Companhia, cabendo ao Presidente do Conselho de Administração o voto de qualidade.

A Assembleia Geral determinará, pelo voto da maioria, não se computando os votos em branco, previamente à sua eleição, o número de membros do Conselho de Administração da Profarma a serem preenchidos em cada exercício, observado o mínimo de cinco membros. A Lei das Sociedades por Ações, combinado com a Instrução CVM nº 282 de 26 de junho de 1998, permite a adoção do processo de voto múltiplo, mediante requerimento por acionistas que representem, no mínimo, 5% de seu capital social votante.

A tabela a seguir lista os atuais membros do conselho de administração que permanecerá no cargo até a reunião de acionistas que aprovar as demonstrações financeiras referentes ao exercício fiscal de 2017:

Nome Cargo Ocupado
Fernando Perrone Presidente (Conselheiro Independente)
Sammy Birmarcker Vice Presidente
Manoel Birmarcker Membro do Conselho
Neil Herson Membro do Conselho
Armando Sereno Diógenes Martins Membro do Conselho
Dan Ioschpe Conselheiro Independente

Os conselheiros abaixo têm mandato até a Assembléia Geral Ordinária que aprovará as demonstrações.

Fernando Perrone

Desde o segundo semestre de 2002 atua como conselheiro na Cia. Siderúrgica Nacional - CSN; no Grupo Metalnave; na Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de Base -ABDIB; na Fundação Getúlio Vargas - FGV e em consultoria na área de aeroportos. Também integra o Comitê de Auditoria da CSN. Foi Presidente da INFRAERO; no BNDES foi Diretor das áeras de Infra-estrurura, de Administração e Superintendente de Privatização. Também foi Presidente do Banco do Estado da Paraíba, Diretor do BD-Rio, Superintendente de Operações do Banco Denasa de Investimento e Diretor Executivo da ABDE. É formado em Direito, Administração e pós-graduado em economia, na área de mercado de capitais, na FGV.Integrante do conselho de Administração da companhia desde 2006, foi eleito Presidente do Conselho de Administração em 29 de abril de 2016.

Sammy Birmarcker

Formado em economia pela Faculdade Cândido Mendes, em 1991. Também possui diplomas de MBA pela COPPEAD e pelo IBMEC, conferidos em 1995 e 2001, respectivamente. Em 1986, o Sr. Birmarcker se juntou ao Grupo como diretor responsável pelas atividades de logísticas, compra e venda de produtos, e marketing. Integrante do conselho de Administração da companhia desde 2006, foi eleito como Vice Presidente de nosso Conselho de Administração em 29 de abril de 2016, e atualmente é nosso Diretor Presidente.

Manoel Birmarcker

Técnico em Contabilidade pela Escola Técnica Frederico C. Mello do Rio de Janeiro, prático em Farmácia pelo SENAC/RJ. Em 1961, fundou a nossa Companhia. Anteriormente, trabalhou nos Laboratório Moura Brasil, Farmabraz, Organizações Victor Costa e Fábrica de Perfumes Tanagra. Atuou também como juiz classista da 1ª Região/RJ. Já atuou como presidente da Câmara Brasileira de Medicamentos, Conselheiro da ABAFARMA, FECOMERCIO e é o atual presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Drogas e Medicamentos do Rio de Janeiro. Integrante do conselho de Administração da companhia desde 2006, foi releito como membro do Conselho de Administração em 29 de abril de 2016.

Neil Herson

Formado em Administração de Empresas e Direito pela Universidade de Witwatersrand em Johannesburg. Desde 1998 ocupa o cargo de Presidente da ASD Healthcare, empresa especializada na distribuição do mercado farmacêutico e subsidiária da AmerisourceBergen Corporation, onde lidera um dos maiores distribuidores nacionais de produtos derivados de plasma, produtos de nefrologia, produtos especiais e vacinas. O Sr. Herson está na ASD Healthcare desde 1995, anteriormente atuando em cargos como vice-presidente executivo e gerente geral. Ele foi fundamental no pioneirismo no desenvolvimento do plasma sanguíneo da empresa e das linhas de negócios de diálise, bem como da estratégia de distribuição de vacinas da gripe da empresa. Foi eleito nosso Conselheiro Independente em 29 de setembro de 2017.

Armando Sereno Diógenes Martins

Formado em engenharia de telecomunicações pelo Instituto Militar de Engenharia e pós-graduado pela Universidade de Nova York. De 1989 até 1991, foi consultor da Accenture (Andersen Consulting) no setor de instituições financeiras. O Sr. Sereno foi também diretor de desenvolvimento de negócios do Grupo Arbi. De 1994 até 1998, o Sr. Sereno atuou como diretor sênior do Banco de Investimentos Garantia. Por aproximadamente 5 anos, foi diretor da área de banco de investimento do Credit Suisse First Boston - CSFB no Brasil. Desde 2003, é sócio fundador da Singular Assessoria Financeira Ltda. Integrante do conselho de Administração da Companhia desde 2006, foi reeleito como membro do nosso Conselho de Administração em 29 de abril de 2016.

Dan Ioschpe

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1986, com pós graduação em Marketing pela ESPM - SP em 1988 e mestrado em administração de empresas (MBA) pela Amos Tuck School do Dartmouth College (EUA) em 1991. É atualmente presidente da Iochpe-Maxion. Foi também presidente da AGCO no Brasil entre os anos 1996 e 1998. Integrante do conselho de Administração da companhia desde 2006, foi reeleito nosso Conselheiro Independente em 29 de abril de 2016.

A Diretoria da Profarma é composta por no mínimo dois e no máximo sete membros, acionistas ou não, residentes no país, eleitos pelo Conselho de Administração para um mandato de três anos, podendo ser reconduzidos, devendo permanecer em seus cargos até a eleição e posse de seus sucessores.

A Diretoria da Companhia é responsável pela administração dos negócios em geral e pela prática de todos os atos necessários ou convenientes para tanto, ressalvados aqueles para os quais seja por lei ou pelo Estatuto Social da Profarma atribuída a competência à Assembléia Geral ou ao Conselho de Administração.

A Diretoria reunir-se-á ordinariamente pelo menos uma vez por mês e, extraordinariamente, sempre que assim exigirem os negócios sociais. As reuniões devem ser convocadas pelo Diretor Presidente, com antecedência mínima de 24 horas ou por dois terços dos Diretores, nesse caso, com antecedência mínima de 48 horas, e a reunião somente será instalada com a presença da maioria de seus membros. As deliberações da Diretoria serão tomadas por maioria de votos dos presentes na reunião ou que tenham manifestado seu voto na forma do Estatuto Social da Companhia, observados os casos de vacância ou ausência temporária, nos termos do seu Estatuto Social, cabendo ao Diretor Presidente, o voto de qualidade.

Os diretores têm responsabilidades individuais estabelecidas pelo Conselho de Administração e Estatuto Social da Profarma.

Nome Cargo Ocupado
Sammy Birmarcker Diretor Presidente
Maximiliano Guimarães Fischer Diretor Financeiro e de Relações com Investidores

Sammy Birmarcker

Formado em economia pela Faculdade Cândido Mendes, em 1991. Também possui diplomas de MBA pela COPPEAD e pelo IBMEC, conferidos em 1995 e 2001, respectivamente. Em 1986, o Sr. Birmarcker se juntou à Profarma como diretor responsável pelas atividades de logísticas, compra e venda de produtos, e marketing. Atualmente é Vice Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente, tendo sido eleito em 06 de agosto de 2009.

Maximiliano Guimarães Fischer

Formado em engenharia mecânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1984. Também possui diploma de mestrado em Administração de Empresas pela COPPEAD e de MBA pelo IBMEC. Em 1993, o Sr. Fischer se juntou à Profarma como diretor financeiro. Anteriormente, ele trabalhou no departamento financeiro da Nova América Têxtil. Atualmente é o Diretor Administrativo, Financeiro e de Relações com Investidores, tendo sido eleito em 06 de agosto de 2009.

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o conselho fiscal é um órgão societário independente da administração e dos auditores externos. O conselho fiscal pode funcionar tanto de forma permanente quanto de forma não permanente, caso em que atuará durante um exercício social específico quando instalado a pedido dos acionistas que representem, no mínimo, 2% das ações com direito a voto e cada período de seu funcionamento terminará na primeira assembléia geral ordinária após a sua instalação.

As principais responsabilidades do conselho fiscal consistem em fiscalizar as atividades da administração, rever as demonstrações financeiras da companhia e reportar suas conclusões aos acionistas. A Lei das Sociedades por Ações exige que os membros do conselho fiscal recebam remuneração de, no mínimo, 10% do valor médio pago anualmente aos diretores da companhia. A Lei das Sociedades por Ações também exige que o Conselho Fiscal seja composto por, no mínimo, três e, no máximo, cinco membros e seus respectivos suplentes.

O Estatuto Social da Profarma prevê um Conselho Fiscal de caráter não permanente, eleito unicamente a pedido dos acionistas da Companhia em assembléia geral.

O conselho Fiscal da Profarma foi instaurado 30 de abril de 2014 e os conselheiros abaixo têm mandato de um ano a partir da instalação.

Nome Cargo Ocupado
Gilberto Braga Presidente
Flavio Rissato Adorno Conselheiro Independente
Elias De Matos Brito Membro do Conselho

Gilberto Braga

Economista registrado no CORECON-RJ e contador registrado no CRC-RJ. Também possui diploma de pós-graduação em finanças pela PUC. Mestre em administração pela IBMEC. Já foi conselheiro fiscal da Brasil Telecom Participações S.A.; Telemig Celular S.A. Tele Norte Celular Participações S.A.; Amazônia Celular S.A.; Daleth S.A., Eletron, TELESC e ANBID – Associação Nacional de Bancos de Investimentos. Atualmente é conselheiro fiscal da Santos Brasil Participações S.A., Brasken S.A.,Brasail Insurance S.A. e da PIN - Participações industriais do Nordeste. Também presta Consultoria empresarial nas áreas financeira, mercado de capitais, societária, tributária, arbitragens, perícia e assistência de perícia judicial, É Professor do Ibmec e da Fundação Dom Cabral em cursos de pós-graduação. Foi reeleito presidente do nosso Conselho Fiscal em 29 de abril de 2016.

Elias De Matos Brito

Bacharel em Ciências Contábeis pela Faculdade de Ciências Contábeis e Administrativas Morais Júnior (Instituto Brasileiro de Contabilidade) no Rio de Janeiro. Também possui diploma de MBA em Finanças Empresariais e Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas. Especialista em mercado financeiro pela Universidade Estácio de Sá – Rio de Janeiro e em Perícia Judicial Contábil (Conselho Regional de Contabilidade - RJ). Trabalhou por 13 anos no Grupo Lundgren – Casas Pernambucanas, tendo ocupado os cargos gerenciais em Auditoria Interna, Crédito e Cobrança, Orçamentos e Controle e, Financeiro e de Tesouraria. Foi Liquidante do Banco do Estado do Rio de Janeiro S. A., entre 2002 / 2006, nomeado pelo Governo do Estado do RJ. Atualmente, sócio da empresa Exato Assessoria Contábil Ltda, perito judicial do Tribunal Justiça do Estado do Rio de Janeiro e Conselheiro de Administração na USIMINAS e Conselheiro Fiscal na PIN - Participações Industriais do Nordeste, Seguros Aliança da Bahia e HRT Participações em Petróleo S. A . Foi reeleito como membro do nosso Conselho Fiscal em 29 de abril de 2016.

Flavio Rissato Adorno

Administrador de empresas formado pela FGV/SP, trabalhou para consultoria de estratégia Bain & Co. É sócio da Orbe Investimentos, responsável pela participação dos fundos de investimento nas empresas investidas, bem como estratégia de investimento dos fundos de investimento. Foi conselheiro fiscal de diversas empresas de capital aberto, entre elas Kroton, Karsten e Eletroaço Altona. Cursando Owner's and President's Management Program na Harvard Business School. Foi eleito como membro do nosso Conselho Fiscal em 29 de abril de 2016.

Índices

Copyright Profarma 2016 - Todos os direitos reservados

imgCapctha