Comunicados ao Mercado

COMUNICADO AO MERCADO

Profarma inaugura Centro de Distribuição em Pernambuco
Iniciativa viabilizará atendimento de aproximadamente 80% do mercado de
produtos farmacêuticos do país

Rio de Janeiro, 22 de janeiro de 2007 - A distribuidora de produtos farmacêuticos Profarma inaugura, hoje segunda-feira (dia 22), seu nono Centro de Distribuição (CD) no país. Localizado em Recife (PE), é o segundo CD da companhia no Nordeste, que já tem unidades nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo Paraná e Bahia. E também no Distrito Federal.

No Nordeste, a companhia já opera, desde setembro de 2004, um centro de distribuição em Salvador (BA), que conquistou 16,5% do mercado baiano em um ano de atividade.

“O estado de Pernambuco é o segundo maior do Nordeste em potencial de vendas de medicamentos para farmácias, atrás apenas da Bahia, que já é atendida por nós”, afirma o presidente da empresa, Sammy Birmarcker. “É um local estratégico do ponto de vista logístico. Através deste CD vamos poder atender mercados vizinhos no Nordeste”, diz. A nova operação vai gerar 100 empregos – diretos e indiretos.

Com 3 mil metros quadrados, o novo CD de Pernambuco tem capacidade para armazenar de 1,4 milhão a 1,8 milhão de unidades. O valor investido em obras de adaptação do armazém e equipamentos foi de aproximadamente R$ 1 milhão. A cia tem expectativa de obter o mesmo êxito da Bahia em período semelhante.

Até então, as regiões de atuação da Profarma representam 75,6% do mercado de produtos farmacêuticos no Brasil. “Esse índice deve chegar a 80% com o atendimento, por esse novo Centro de Distribuição, a um maior número de cidades no Nordeste”, avalia Birmarcker. Vinte e seis cidades em Pernambuco e na Paraíba serão beneficiadas pelos serviços Profarma. Cerca de 2.100 farmácias nesses dois estados já estão cadastradas para receber os produtos farmacêuticos distribuídos pela Profarma.

Distribuidora atacadista de produtos farmacêuticos, higiene pessoais e cosméticos para drogarias e hospitais, a Profarma comercializa cerca de 12,2 milhões de unidades por mês e atende a mais de 9.100 pedidos por dia, em 1.800 cidades brasileiras, chegando a 23.800 pontos-de-venda, de um total de aproximadamente 53.400 existentes no Brasil. A companhia, primeira de seu setor a abrir capital, em outubro de 2006, está entre os três maiores distribuidores atacadistas nacionais, que juntos são responsáveis por 28,0% das vendas de produtos farmacêuticos para drogarias no Brasil. Atualmente, a Profarma distribui cerca de 6.800 itens, entre medicamentos branded, genéricos e OTC, produtos de higiene pessoais e cosméticos, adquiridos de mais de 120 fabricantes.

A Profarma fechou o terceiro trimestre de 2006 com lucro líquido de R$ 4,2 milhões, 20,8% maior em relação aos R$ 3,5 milhões do mesmo período de 2005. Também verificou aumento de 17,4% na receita líquida, que passou de R$ 396 mil para R$ 465 mil do terceiro trimestre de 2005 para o mesmo trimestre de 2006. Ao mesmo tempo, as despesas operacionais, como percentual da receita líquida, caíram 9,1%, saindo de 7,01% para 6,38%.

O mercado nacional -- Em 2005, o Brasil registrou vendas totais de R$ 18,3 bilhões no setor farmacêutico, segundo dados da IMS Health, que audita esse setor no país. Nos últimos três anos, as vendas de produtos farmacêuticos para drogarias aumentaram 11,3%, enquanto a Profarma registrou crescimento anual de 25,1% de sua receita operacional bruta - mais que o dobro das vendas do setor.

De acordo com a IMS Health, no primeiro semestre de 2006, cerca de 77% dos produtos farmacêuticos produzidos no Brasil foram distribuídos por atacadistas. O distribuidor atacadista faz a ligação entre a indústria e o varejo farmacêutico (farmácias, drogarias, hospitais, entre outros). Além disso, viabiliza a eficiência logística entre as partes, reduz a necessidade de estoque do varejo e, muitas vezes, financiam o crescimento de seus clientes por meio da concessão de crédito.

Sobre a Profarma – A Profarma nasceu em 1961, no Rio de Janeiro. Começou seu processo de expansão na década de 70, principalmente por conta das parcerias e iniciativas conjuntas com importantes fabricantes de produtos farmacêuticos, como Bristol-Myers Squibb e Aché. Nos anos 90, iniciou sua expansão para outros estados do país, como Minas Gerais e Espírito Santo; adquiriu a distribuidora K+F como forma de entrada no mercado de São Paulo, consolidando sua atuação no Sudeste do país. Nesta mesma década, iniciou a automação de seus centros de distribuição. Em 2001, ainda com foco em tecnologia de ponta, implantou o SAP e o BIS COGNUS. Em 2002 e 2003, iniciou o fornecimento de produtos farmacêuticos e hospitalares a clínicas e hospitais privados localizados nos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo, respectivamente. Em 2004, começou a operar na região Nordeste do país e, em 2005, iniciou as atividades de distribuição de vacinas a fim de aumentar o mix de produtos e obter sinergias com a estrutura de negócios da Companhia.

CONTATOS NA ÁREA DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES

Max Fischer

CFO & IRO

Telefones

Rio de Janeiro:+55 (21) 4009-0276

E-mail: ri@profarma.com.br

Website: www.profarma.com.br/ri

Índices

Copyright Profarma 2016 - Todos os direitos reservados

imgCapctha